Letras Português-Inglês

Licenciatura

Projeto Pedagógico

Projeto Pedagógico

 

Projeto Pedagógico do Curso de Letras Hab. Português-Inglês (resumo)

Diante da diversidade sócio-lingüística e cultural que existe no Mato Grosso do Sul, no Brasil e no mundo, faz-se necessário que o profissional da educação assuma novas posturas que possam contribuir com a sociedade que o forma e, que espera desse profissional por meio de seu trabalho, que seja um educador e pesquisador atuante nas esferas dessa sociedade.

Atualmente, um profissional em Letras Habilitação Português-Inglês e respectivas literaturas pode ser professor de língua e de literatura em escolas que atendam os ensino fundamental e médio, bem como de nível superior nas Instituições de ensino Superior; podem também utilizar-se dos conhecimentos lingüísticos obtidos durante a graduação, para trabalhar em funções administrativas, uma vez que o estudo da linguagem está presente em sua formação, principalmente em leitura e produção de textos. É possível pensar ainda para esse profissional, a execução de atividades de revisão de textos em diversas instituições sociais.

Convém ressaltar que o profissional de Letras deve ter o domínio do uso da língua portuguesa e da língua estrangeira em questão, que sejam objetos de seus estudos, em termos de sua estrutura, funcionamento e manifestações culturais nas diversas situações de uso. Deve ser capaz de refletir teoricamente sobre a linguagem, de fazer uso de novas tecnologias e de compreender sua formação profissional como processo contínuo, autônomo e permanente. A pesquisa e a extensão, além do ensino, devem ser articuladas nesse processo. É necessário que esse profissional esteja capacitado para reflexão crítica sobre temas e questões relativas aos conhecimentos lingüísticos e literários e ser agente de transformação social.

Finalmente, espera-se que esse profissional realize transformações no ensino, nos valores e costumes de um povo por meio de sua competência, sua capacidade, sua vontade, fazendo uso de seus conhecimentos lingüístico-discursivos, sua visão abrangente da realidade e sua formação contínua com compromisso e ética.

O curso de Letras Habilitação Português-Inglês da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul pretende formar profissionais capazes de:

  • Promover o ensino, a pesquisa e a extensão, dirigidos ao entendimento dos interesses regionais, retornando à sociedade um profissional qualificado e consciente dos desafios que a profissão apresentará.
  • Preparar o futuro profissional com uma formação teórico-pedagógica, para que possa contribuir para as mudanças sociais necessárias à construção de uma sociedade mais crítica, justa e humana.

 

O curso de Letras visa à formação de profissional habilitado em desempenhar atividades educacionais de forma qualificada, compromissada com as diversidades que se apresentam na sociedade moderna; portanto, é um curso formativo, pois tem por objetivo instigar a sensibilidade do aluno para o fato lingüístico e literário. Nessa concepção, o aluno precisa aprender a observar, a detectar um problema a ser analisado, descrito ou explicado; a formular hipóteses à investigação, discuti-las e a formular um juízo crítico independente. Em síntese, o que se pretende do graduado em Letras é uma atitude investigativa e crítica diante da língua e da literatura, por meio de teorias lingüísticas e literárias.

Para tanto, faz-se necessário que o curso de graduação ative competências que coloquem seus acadêmicos num âmbito social atuante. Assim, este curso de Letras propõe desenvolver as competências aplicada, lingüístico-comunicativa e profissional. Haverá, portanto, a intertextualidade entre as disciplinas de Literaturas Brasileira e Portuguesa e as Literaturas de Língua Estrangeira, trabalhadas comparando e verificando conteúdos e diálogos que há entre as literaturas, no sentido de abordar os aspectos formais e conteudísticos. As Línguas Portuguesa e Inglesa abordarão os aspectos culturais, estruturais, históricos de sua formação, bem como situações de uso. Vale ressaltar que a Lingüística enquanto ciência da linguagem, mantém uma relação estreita com outras ciências como a Sociolingüística/Dialetologia, a Psicolingüística, a Semiótica, a Análise do Discurso, dando ênfase à aquisição da linguagem e às questões referentes à variação e mudança lingüística. As disciplinas Pedagógicas auxiliam o futuro profissional a pôr em prática as teorias apreendidas no decorrer do curso. Os conteúdos e abordagens da disciplina de Língua Latina são trabalhados de forma integrada com os conteúdos, abordagens e acepções da língua materna, no sentido de facilitar a compreensão e o entendimento dos acadêmicos a respeito de uma antiga língua que fora falada há muito tempo e que veio a se transformar nas línguas modernas faladas em todo o mundo. Durante as quatro séries do curso, o aluno deverá cumprir 40 horas extraclasse anuais de prática no Laboratório de Línguas (20 h em cada semestre letivo).

As disciplinas de Estágio Curricular Supervisionado em Língua e Literaturas de Língua Portuguesa e de Língua e Literaturas de Língua Estrangeira, oferecidas nas terceiras e quartas séries do curso, são ministradas de forma interdisciplinar no sentido de integrar os diferentes aspectos referentes às línguas, à cultura, à história e à literatura produzidas por um povo.

A prática no laboratório de línguas estrangeiras auxilia o aluno no processo ensino-aprendizagem, no que se refere a aspectos culturais, lingüísticos e teórico-pedagógicos. Visa complementar a formação do aluno no que se refere ao desenvolvimento das quatro habilidades lingüísticas: falar, ouvir, ler e escrever.

A proposta do projeto pedagógico do curso de Letras não visa apenas formar professores habilitados para atuar no ensino, busca também a formação de pesquisador e de extensionista na área. Quanto à pesquisa, desenvolverá com o corpo docente pesquisas ligadas aos programas de Iniciação Científica ou como colaboradores de projetos docentes; desenvolverá pesquisa na elaboração de seu Trabalho de Conclusão de Curso. Na extensão, auxiliará o professor em atividades desenvolvidas na comunidade; são cursos de capacitação, aperfeiçoamento, revisão, entre outras atividades. Essas atividades são consideradas Atividades Acadêmicas Complementares (AAC). Além dessas, o acadêmico é incentivado à participação em eventos científicos, como por exemplo, Congressos, Encontros, Seminários, Semanas Acadêmicas etc, que também são AAC.

São também oferecidas aos acadêmicos participações em atividades de projetos de ensino para contemplar o aperfeiçoamento de conteúdos e práticas de disciplinas, bem como para contemplar temas referentes à Educação e diversidade étnico-raciais; Orientações técnicas e metodológicas para elaboração de Trabalho de Conclusão de Curso; Introdução à Literatura Comparada; a Pesquisa Sociolingüística e à Ciência da Computação.

 

 

___________________________________________________
ANEXO(S):

Arquivo: Projeto Pedagógico 2013 (10_2013-06-12_14-21-09.pdf)
Tipo: (.pdf) - Documento em PDF
Tamanho: 363.51 KB

 

Arquivo: Projeto Pedagógico 2005 (10_2013-06-12_14-20-48.pdf)
Tipo: (.pdf) - Documento em PDF
Tamanho: 383.50 KB




Adaptação do Projeto Pedagógico
PLANO DE DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL
PLANO DE CAPACITAÇÃO
REGIMENTO GERAL DA UEMS


Notícias e Eventos
Professores
Disciplinas
Projeto Pedagógico
Estágio & TCC / Monografias
Fotos
Projetos do curso
Links, Arquivos e Publicações
Manual Acadêmico
Calendário Acadêmico