Arraiá da UEMS/CG marca confraternização com a comunidade

Por: Emmanuelly Castro | Postado em: 09/08/2019

Nesta quinta-feira (08), a UEMS de Campo Grande realizou seu terceiro Arraiá, com confraternização de técnicos, docentes, alunos e familiares. A festa organizada em conjunto pela Gerência da Unidade e os alunos, marcou o fortalecimento do movimento estudantil em Campo Grande.

A festa contou com a animação da Banda de Forró Fio Ruan e muitas barracas de comidas e bebidas típicas. As tradicionais barracas do beijo, correio elegante e Prisão do Amor completaram a festança. “Essa é a terceira festa que realizamos em Campo Grande, e é muito importante para confraternização da comunidade acadêmica e externa da UEMS”, disse a professora Celi Correa Neres, Vice-Reitora eleita.

O Gerente da Unidade de Campo Grande, professor Paulo Fernando Jurado agradeceu a colaboração de técnicos, professores e alunos. “A iniciativa de confraternização é sempre válida e temos que parabenizar as pessoas que executaram tão brilhantemente o evento”, disse Paulo Jurado.

As barracas foram divididas entre os cursos da Unidade, atléticas, e grupos de projetos. A arrecadação será voltada para festas de formatura, eventos e apresentações. “É muito importante ver a articulação dos nossos alunos por seus objetivos. Esse tipo de confraternização é uma já é tradição em nossa Universidade e a Reitoria está sempre à disposição para apoiar”, disse o Vice-Reitor e Reitor eleito, professor Laércio de Carvalho.

Espaço para o DCE

Pouco antes do Arraiá, o DCE de Campo Grande recebeu um espaço dentro da Unidade. Para presidente do DCE, Olga Cristina Carneiro, o espaço vai valorizar o movimento e ajudar na criação e fortalecimento dos Centros Acadêmicos em Campo Grande.

O Vice-Reitor, professor Laércio de Carvalho parabenizou a Gerência da Unidade pela iniciativa do espaço e pela organização do Arraiá. “Esse espaço é muito importante para integração dos estudantes que ganham força. A Reitoria estará sempre disposta a ajudar na luta por uma educação de qualidade no Ensino Superior”, disse Laércio de Carvalho.


Anexos: