Covid-19: Jalecando com Elas

Por: Liziane Zarpelon | Postado em: 13/05/2020

Com o objetivo de levar informações de qualidade com embasamento científico, professores da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS), se reuniram para criar diversas produções, boa parte em vídeo, sobre ações de educação em saúde. O Projeto de Extensão foi cadastrado em abril e leva o nome de “COVID-19: Ações de educação em saúde durante a pandemia do coronavírus”. Uma das primeiras medidas do grupo foi criar um canal no YouTube chamado de "Jalecando com Elas!" , o espaço está sendo utilizando para divulgar os conteúdos.

Fazem parte do projeto docentes do curso de Enfermagem da UEMS/Dourados e do Mestrado Ensino em Saúde da mesma Unidade, são elas: Profa. Ma. Simone Vidmantas, Profa Dra. Ana Lúcia Marran, Profa. Dra. Cibele de Moura Sales, Profa Dra. Márcia Maria Ribera Lopes Spessoto; e a Profa. Dra. Fabiana Perez Rodrigues Bergamaschi.

Também participam a discente do Mestrado Ensino em Saúde, Luma Ravena Soares Monte, e o egresso do Mestrado Profissional de Educação Científica e Matemática, Prof. Ms. Raphael Ramos Spessoto (professor na rede estadual de ensino) e quatro acadêmicos do curso de Enfermagem: Gustavo Bocon Lopes, Laríssa Layne Menezes Bondarenco, Quétlen Aguero Brandão e Suzi Ortiz dos Santos.

Desde que o grupo foi criado, as produções começaram com a demanda urgente a respeito de informações científicas e comprovadas a respeito das questões envolvendo a pandemia do COVID-19. A preocupação principal dos professores desde o início foi com a linguagem que seria adotada para que o conteúdo fosse absorvido facilmente pela população.

“ Estamos atuando em várias linhas pautadas pela Educação em Saúde, criamos um canal no YouTube chamado de "Jalecando com Elas!" para disseminar os vídeos produzidos a respeito de temas novos dentro de nosso cotidiano envolvendo a pandemia, como o uso de máscaras e sua higienização, a própria doença e sua propagação e epidemiologia, a questão da violência à mulher em tempos de pandemia e ainda temos outras propostas como a higienização dos alimentos, a organização dos serviços de saúde, enfim, temas que giram ao redor do COVID-19 ”, explica a professora Márcia Maria Ribera Lopes Spessoto.

Para assistir ao vídeo, clique na imagem.

No canal do YouTube é possível encontrar vídeos com informações para todas as idades. A professora Ana Lúcia Marran e a discente Luma Ravena produziram materiais audiovisuais para crianças e idosos a respeito da transmissão e cuidados com o COVID-19. Os vídeos animados educativos agradaram muito ao público para qual foram direcionados, acrescenta a professora Márcia.

Para assistir ao vídeo, clique na imagem

Em menos de um mês, o canal no YouTube já conta com mais de dez vídeos publicados e a cada nova produção o material é compartilhado com comunidade acadêmica e também na rede pessoal de cada professora para que o conhecimento seja bastante difundido.

Para acessar o canal Jalecando com elas!, clique na imagem.

A professora Márcia também conta do desafio que foi todo o período de adaptação com aulas remotas e o desenvolvimento do projeto feito totalmente online.

“ Foi um grande desafio, fizemos alguns testes e o professor Raphael, que tem mais experiência com essas ferramentas, foi nos orientando até encontrarmos o nosso formato de proposta. Estamos trabalhando muito mais do que presencial, nos três períodos, com uma troca muito grande de informações e experiências. Está sendo um grande aprendizado para todos nós. Mas temos um olhar positivo a esse respeito. Apesar de ter acontecido abruptamente, essa demanda por maior conhecimento do uso de ferramentas digitais no processo de ensino-aprendizagem já era sentida por todos nós, docentes. Acreditamos que esse seja um novo formato de interação entre a academia e os diferentes públicos que podem ser atingidos por essas ferramentas, divulgando o conhecimento científico dessa forma “, finaliza.

O projeto de extensão também está colaborando com a Secretaria Municipal de Saúde de Dourados na construção de videoaulas para a disseminação de Protocolos Operacionais Padrão (POP) que estão embasando os serviços de saúde na atenção básica do município, com foco no manejo dos casos de COVID-19.


Anexos: