Editora UEMS disponibiliza produção científica em novo portal de livros

Por: Eduarda Rosa | Postado em: 15/06/2022

A Pró-reitoria de Extensão, Cultura e Assuntos Comunitários (PROEC), por meio da Editora da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul, disponibilizará sua produção científica no novo Portal de Livros da UEMS, que é uma plataforma prestadora e depositária da produção didática, científica e intelectual que adota em sua concepção a filosofia do acesso aberto, sem fins lucrativos. 

Clique aqui e conheça o novo Portal de Livros da UEMS 

O portal utiliza a plataforma Open Monograph Press (OMP) desenvolvida, mantida e distribuída gratuitamente pelo  Public Knowledge Project (PKP). O OMP é uma plataforma de software de código aberto para a gestão e publicação de livros acadêmicos.

O objetivo é promover a reunião e divulgação dos livros digitais acadêmicos e científicos publicados em acesso aberto por docentes, pesquisadores, técnico-administrativos da Universidade e comunidade externa, preservar a memória da produção científica da UEMS e proporcionar mais visibilidade e acesso aos livros publicados pela Editora.

Para a Professora Érika Kaneta Ferri, Pró-reitora de Extensão, Cultura e Assuntos Comunitários, “como os E-books serão disponibilizados de forma gratuita, haverá um forte impacto na difusão do conhecimento entre a comunidade acadêmica da UEMS e a comunidade externa, principalmente entre os estudantes que, muitas vezes, não conseguem adquirir livros fundamentais para a sua formação”, destaca.  

De acordo com o Professor Neurivaldo Junior, Chefe da Divisão de Publicações, o novo Portal de Livros da UEMS é o resultado do trabalho que a Divisão de Publicações tem realizado “com objetivo de atender as metas do PDI da UEMS para os anos de 2021 a 2025. Além disso, é importante destacar que a criação do novo Portal de Livros foi um trabalho conjunto entre a Divisão de Publicações e a Diretoria de Informática (Dinf)”.   

A Editora, Eliane Souza de Carvalhos, ressalta que o software foi projetado para reduzir o tempo dedicado às tarefas gerenciais associados à publicação de livros, “ também melhorar a qualidade acadêmica do processo editorial através de uma série de inovações, e inclui fluxos de trabalho claros e intuitivos para todo processo de editoração, desde a submissão do manuscrito, avaliação, revisão, edição e publicação”.