Em seminário, PROPP/UEMS discute autoavaliação na Pós-Graduação

Por: Eduarda Rosa | Postado em: 28/08/2019

A Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação (PROPP), da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS), promoveu o VI Seminário Interno de Avaliação da Pós-Graduação que teve como foco “Autoavaliação”, nesta segunda-feira (26).

Segundo a Pró-reitora de Pesquisa e Pós-graduação, Luciana Ferreira da Silva, o VI Seminário Interno de Avaliação da Pós-Graduação teve como objetivo induzir a discussão dos projetos de autoavaliação dos programas que se configura como um novo componente da ficha de avaliação da Capes. “É um processo que a Capes tem difundido a partir de novos direcionamentos para o sistema de avaliação dos programas de pós-graduação incluíndo a autoavaliação e o planejamento estratégico como dois novos itens componentes do quesito “caracterização do programa”.

A Pró-reitora também destacou que nesse momento o papel da Pró-reitoria é fazer o acompanhamento paripassu desse processo e colaborar na elaboração e no suporte dos projetos de autoavaliação e planejamento estratégico dos programas de forma coordenada. “A participação foi massiva com a representação de todos os programas tanto das coordenações quanto das coordenações adjuntas e os encaminhamentos foram de suma importância para avançar na consolidação dos nossos mestrados e doutorados”.

A chefe da Divisão de Pós-graduação, Andreia Nunes Militão, ressaltou o sobre o papel da Pró-reitoria de Pesquisa e Pós-graduação ao propiciar e articular a reunião. “Isso possibilitou a gente pensar de forma mais ampla essas mudanças que estão nessa nova agenda de avaliação da Capes. Possibilitou, além disso, que pudéssemos iniciar um processo de construção de um instrumento institucional de autoavaliação e fazer com que os Programas comecem a inserir esses processos de autoavaliação no interior de seus Programas com envolvimento de todos os sujeitos: alunos, docentes, técnicos e coordenadores”, considerou.

O Coordenador do Programa de Pós-Graduação em Zootecnia, da Unidade de Aquidauana, Prof. Dr. Tiago Junior Pasquetti, destacou que a autoavaliação é importante porque poderá nortear todos os programas, uma vez que todos visam aumentar o conceito da avaliação. “Então este projeto de autoavaliação nos norteará para que possamos melhorar os nossos programas de pós-graduação, a atingir os nossos objetivos pautados na produção científica e também na formação dos nossos egressos. É importante saber onde nossos egressos estão inseridos no mercado de trabalho”, disse.

“Para o nosso programa é muito importante, no sentido que nós buscamos desenvolver uma identidade do Programa, tendo em vista que o Programa é interdisciplinar, são várias áreas, tantos dos docentes quantos dos discentes. E agora fazendo essa autoavaliação nos possibilita pensar qual é a identidade do programa munindo todos esses elementos de várias direções somando e fortalecendo a atuação do programa”, ressalta o Prof. Dr. Fabrício Antonio Deffacci, coordenador do Mestrado de Desenvolvimento Regional e Sistemas Produtivos, da UEMS de Ponta Porã.

 

Para a Profa. Dra. Susylene Dias Araujo, do Mestrado Acadêmico em Letras da UEMS Campo Grande, o fato da PROPP propor o Seminário e trazer a discussão para a pauta é muito importante, porque o processo de avaliação vai desenhar outros itens importantes para o funcionamento do Programa, “que são: o planejamento estratégico, acompanhamento de egressos e a produção em si dos docentes e dos discentes. Então a gente vai percebendo pelas discussões que tudo está muito interligado e que esse fator de autoavaliação que não pode mais ficar de lado das discussões dos programas”.

A coordenadora do Programa em Recursos Naturais, mestrado e doutorado, Profa. Dra. Cláudia Cardoso, ressaltou que “a apresentação desse processo de autoavaliação dentro da UEMS está corroborando com o que está sendo discutido na Capes em relação ao processo. Eu acredito que vai nos auxiliar muito em realizar uma autoavaliação efetiva e que contribua para elevação dos conceitos dos nossos cursos”, enfatizou.

De acordo com o Prof. Dr. José Antonio de Souza, Coordenador do Mestrado Acadêmico da UEMS de Paranaíba, a reunião foi muito produtiva, “principalmente, porque estamos na fase das reuniões de avaliação de meio termo da Capes. E a autoavaliação aqui proposta pela PROPP, o início de todo esse processo é muito importante porque vai nos ajudar a avaliar efetivamente os pontos positivos e negativos dos Programas e pensar na melhoria de todos os aspectos possíveis do Programa”.


Anexos: