Grupo da UEMS participa do Projeto Rondon em Bandeirantes

Por: Eduarda Rosa | Postado em: 05/07/2018

Grupo da UEMS de Dourados que participará da Operação Pantanal

A Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS) estará representada por um grupo de nove pessoas durante a Operação Pantanal do Projeto Rondon, do Ministério da Defesa, que ocorrerá em Bandeirantes (MS), de 06 a 22 de julho.

São oito alunos dos cursos de Direito, Enfermagem e Turismo, de Dourados e Campo Grande, que estarão sob coordenação do professor do curso de Enfermagem, Marcos Antonio Nunes Araújo.

Além de Bandeirantes outras onze cidades receberão o projeto: Bodoquena, Corguinho, Corumbá, Dois Irmãos do Buriti, Jaraguá, Miranda, Nioaque, Rio Negro, Rio Vede de Mato Grosso, Rochedo e Terenos.

Cada um dos 12 municípios receberá 20 voluntários de duas Instituições de Ensino Superior (IES). Junto com a UEMS participarão acadêmicos da Universidade Tecnológica Federal do Paraná – Francisco Beltrão – UTFPR.

Para a Pró-reitora de Extensão, Cultura e Assuntos Comunitários, Márcia Alvarenga, é importante a UEMS estar participando do Projeto, pois valorizará a cultura e o povo sul-mato-grossense.

“Eu vejo que é uma oportunidade também dos nossos acadêmicos vivenciarem as questões locais e regionais voltadas para as questões da justiça, da cultura e saúde. Vai ser um aprendizado muito grande para eles, do ponto de vista pessoal e profissional e a Universidade estará bem representada com essa turma”, destacou a Pró-reitora.

O coordenador do grupo, Marcos Araújo, ressaltou que será uma experiência valiosa para todos os participantes. “O maior desafio será sair da zona de conforto e pensar tudo em grupo. Acredito que seja uma experiência bastante valiosa e eu vejo como um crescimento muito grande que nós teremos. E eles, que estão na fase do término da graduação, poderão conviver com pessoas diferentes, numa hierarquia mais rígida e colocar em prática aquilo que  aprenderam durante esses anos dentro da faculdade”.

A acadêmica do último ano do curso de Enfermagem, Fernanda de Souza Marques, está com expectativa para conhecer a população e poder auxiliá-la. “Acho que vai ser muito diferente daqui de Dourados. Espero que seja positivo e acredito que teremos o acolhimento da população e consigamos alcançar os objetivos almejados de conseguir passar informações”.

A equipe é composta pelo o professor Marcos Antônio Nunes Araújo, com os seguintes acadêmicos: Beatriz Carvalho Sotolani, Fernanda de Souza Marques, Francielly Paulina Espinola Souza, Grasiele Santana  Amaral, Larissa Vacaro Flores, Lucas de Paula Silva, Marcos Antônio Nunes de Araújo, Nicholi Di Mari Silva Santos, Thaysa Bambil Vieira.

A Operação

Durante a operação, os rondonistas realizarão diversas atividades sobre os temas de comunicação, saúde, cultura, educação, meio ambiente, trabalho, tecnologia, produção, direitos humanos e justiça. Os estudantes trabalharão, prioritariamente, com agentes multiplicadores, tais como funcionários das prefeituras, professores, agentes de saúde e lideranças locais, o que permitirá maior retenção e disseminação dos conhecimentos a serem transmitidos por eles.

Os rondonistas conduzirão, dentre outras atividades, gincanas culturais, palestras sobre direitos do cidadão, das mulheres e das crianças e adolescentes e oficinas sobre construção de banheiro ecológico, educação ambiental, descarte de óleo de cozinha, tudo com o objetivo de melhorar a qualidade de vida da população.

Assim, 252 estudantes e professores universitários, de 25 IES trocarão o período de férias escolares pela chance de realizar, de forma voluntária, ações que contribuem para o desenvolvimento sustentável e ampliem o bem-estar de comunidades carentes, promovendo o desenvolvimento social e a melhoria na qualidade de vida em municípios do estado de Mato Grosso do Sul por intermédio de ações que visam o intercâmbio de conhecimento entre as comunidades, estudantes e professores universitários.


Anexos: