Pint of Science: Pesquisadores de MS 'invadem' bares de Dourados

Por: Tatiane Queiroz | Postado em: 15/05/2017

Pesquisadores das Universidades de Mato Grosso do Sul "invadirão" os bares da cidade de Dourados a partir desta segunda-feira (15). A programação faz parte do Pint of Science, um festival internacional para a divulgação da Ciência para o público em geral. Serão três noites dedicadas à Ciência nos bares 14 Bis e Vento Pantaneiro. No lugar da música, o público ouvirá e discutirá sobre diversos temas, como biologia, computação, engenharia, estatística, filosofia, física, história, matemática, química, sociologia e muito mais.

A iniciativa unirá Brasil, Alemanha, Austrália, Canadá, Espanha, França, Irlanda, Itália, Japão, Reino Unido e Tailândia. Mais de 100 cidades espalhadas por esses 11 países realizarão, simultaneamente, nos dias 15, 16 e 17 de maio, o Pint of Science. E dentre as 22 cidades brasileiras está Dourados, na qual a programação será coordenada pela Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS).

Este é o segundo ano em que a UEMS coordena o evento em Dourados. De acordo com a professora Isis Faria, que também é coordenadora da região Centro-Oeste do Pint of Science, o Festival representa uma excelente oportunidade de mostrar como a ciência e a tecnologia podem e devem ser discutidas em todos os ambientes.

“No ano passado tivemos um público total de 500 pessoas e acreditamos que deve aumentar a média este ano, pois as pessoas já conhecem o evento. A expectativa é trazer um evento diferente, com temas diferentes, a ideia é sempre mudar de um ano para o outro e abordar coisas mais atuais possíveis. A proposta é que seja mais dinâmico e que tenha mais discussões, por isso teremos um pesquisador por dia”, ressaltou a professora.

Em 2016, Dourados foi a única cidade da região Centro-Oeste a participar do evento. Este ano Brasília e Goiânia também vão realizar o Festival.

Programação

O Pint of Science será nos restaurantes 14 Bis e Vento Pantaneiro, das 19h30 às 21h, com discussões ministradas por pesquisadores da UEMS e da Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD). O Festival O evento é gratuito e as pessoas só pagarão o que consumirem nos locais em que acontecerão os bate-papos científicos. O evento não emite certificado de participação.

Na segunda-feira (15/05) os pesquisadores discutirão os temas: “Imprimindo um mundo de coisas” (14 Bis); e “Existe alimento natural?” (Vento Pantaneiro).

Na terça-feira (16/05) os participante poderão debater sobre: “Ciência e tecnologia na modernidade líquida” (14 Bis) e “Um robô em minha vida” (Vento Pantaneiro).

Para finalizar as ações, na quarta-feira (17/05), as discussões ficarão por conta das temáticas: “Abelhas e a produção de Alimentos” (14 Bis) e “Origens do universo” (Vento Pantaneiro).

Endereços:
14 Bis: R. Hayel Bon Faker, 2425 - Jardim Caramuru
Vento Pantaneiro: R. Hilda Bergo Duarte, 702 - Jardim Caramuru

Pint of Science
O festival Pint of Science tem como objetivo proporcionar debates interessantes, divertidos e relevantes sobre as pesquisas científicas mais recentes em um formato acessível para o público. Tudo isso em ambientes descontraídos como cafés, restaurantes e bares.

O evento foi criado para proporcionar debates sobre tópicos científicos com quem faz ciência. É realizado por voluntários e foi criado por uma comunidade de estudantes de pós-graduação e de pós-doutorado em 2013, na Inglaterra.

Organizado pela primeira vez em 2013, o festival acontece durante três dias anualmente e de forma simultânea em diversos países do mundo. Pint of Science é uma organização sem fins lucrativos que estabelece parcerias pelo mundo a fim de possibilitar a realização desse festival.