PROEC divulga o resultado final dos alunos selecionados para o Rondon

Por: Liziane Zarpelon | Postado em: 16/04/2019

A Pró-Reitoria de Extensão, Cultura e Assuntos Comunitários (PROEC) da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul - UEMS no uso de suas atribuições legais, torna público para conhecimento da comunidade acadêmica, o Edital n° 030/2019 PROEC/UEMS, com divulgação do resultado final das inscrições dos alunos selecionados para participação do Projeto Rondon Nacional - OPERAÇÃO “JOÃO DE BARRO” – Conjunto B, no município de Francisco Ayres/PI, no período de 12 de julho a 28 de julho de 2019. 

Os alunos selecionados e os alunos reservas deverão encaminhar para Divisão de Extensão até o dia 22/04/2019, via malote das unidades, os seguintes documentos originais assinados: 

1-Anexo IV -Termo de Adesão do aluno ao serviço voluntariado Rondonista
2-Anexo V -Termo de Cessão de Direito do uso da Imagem

Mais informações poderão pelo e-mail divisaoextensao@gmail.com, ou pelos telefones 67-3902-2630 e 3902-2562.

Acesse o edital no link:

http://www.uems.br/editais_concursos/detalhes/82f09707a4276a3ff4a0bbd1d2ab3f50

Operação “JOÃO DE BARRO”

A operação “JOÃO DE BARRO” – Conjunto B contemplará ações nas áreas temáticas de Comunicação; Meio ambiente; Tecnologia e produção e Trabalho.

Projeto Rondon

O Projeto Rondon é uma ação interministerial do Governo Federal realizada em coordenação com os Governos Estadual e Municipal que, em parceria com as Instituições de Ensino Superior, reconhecidas pelo Ministério da Educação, visa a somar esforços com as lideranças comunitárias e com a população, a fim de contribuir com o desenvolvimento local sustentável e na construção e promoção da cidadania.

Priorizando desenvolver ações que tragam benefícios permanentes para as comunidades, principalmente as relacionadas com, a melhoria do bem estar social e a capacitação da gestão pública. Busca, ainda, consolidar no universitário brasileiro o sentido de responsabilidade social, coletiva, em prol da cidadania, do desenvolvimento e da defesa dos interesses nacionais, contribuindo na sua formação acadêmica e proporcionando-lhe o conhecimento da realidade brasileira.(Com informações do Projeto Rondon)