UEMS envia primeira turma do Internato de Medicina para o interior

Por: Emmanuelly Castro | Postado em: 19/02/2020

Alunos da primeira turma do Internato Regional de Medicina

Nesta quarta-feira (19/02), a Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS) deu início as atividades do Internato Regional do curso de Medicina. Em uma celebração simbólica, os alunos se despediram de Campo Grande rumo a cidades do interior do estado. Nesta primeira turma, 8 alunos do último ano do curso irão permanecer durante 7 semanas nas cidades de Aquidauana, Cassilândia, Mundo Novo e Amambai.

Para a coordenadora do Internato Regional, professora Ana Maria Campos Marques o objetivo é internalizar o médico para que ele conheça a realidade de todo o Estado, inclusive do interior. “Sendo a UEMS uma Universidade Estadual, é importante que o futuro médico tenha uma vivência no interior do Estado”, afirmou Ana Maria, que ainda apontou como ponto forte do Internato: “Formar um médico generalista, que tenha a capacidade de ir para o interior e conhecendo a realidade desses municípios”, disse.

O primeiro aluno do Internato Regional a chegar na Universidade, pronto para viajar, com sua mala em mãos, foi o Mateus Cespedes. Ele vai para Aquidauana, e compartilhou um pouco dos seus anseios: “Queremos contribuir com a cidade que vai nos receber e consolidar o que aprendemos nos últimos cinco anos para que saiamos preparados para o mercado de trabalho em atendimento à população sul-mato-grossense”, ressaltou.

Isabella da Silva Luz, acadêmica que também irá participar o Internato Regional se mostrou apreensiva, mas com muita expectativa. “Nossas expectativas são as melhores possíveis, ainda mais por sermos a primeira turma. Apesar do medo, estamos indo com disponibilidade e intenção de ajudar e aprender o máximo, ainda mais nesses locais que tem tanta carência de médico. Os municípios do interior, provavelmente, vão ser nosso primeiro trabalho quando nos formarmos, por isso será valioso aprender agora como funciona a rotina dos municípios e quais suas carências na área da saúde”, disse Isabela.

O secretário de Saúde de Cassilândia, José Lourenço expressou a satisfação da cidade pela parceria com a UEMS. “Os estudantes são bem-vindos ao município, como cidade temos muito a ganhar. Vamos utilizar o trabalho dos alunos na atenção básica e no Hospital local, a Santa Casa; e será uma rica troca de experiências. Os médicos da região estão de braços abertos para juntos ajudarmos muito mais e levarmos melhor atendimento à população”, disse José Lourenço.

Em sua fala, o coordenador do curso de medicina, Fábio Paes Barreto enalteceu o momento desafiador para a Universidade. “Vamos formar nossa primeira turma de Medicina, e esse é o ponta pé inicial do Internato Regional, justamente porque os alunos precisam ter essa experiência de interiorização da Medicina, fazendo face aos desafios na área de saúde do município e vivendo a realidade da comunidade”, ressaltou Fábio Paes Barreto.

Gisleine Rodrigues – ACS Campo Grande


Anexos: