UEMS tem aumento de 141% em recomendações do Guia do Estudante

Por: Rubens Urue | Postado em: 31/08/2017

Publicação é referência nacional para ingressantes no Ensino Superior

A Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS) teve 41 cursos recomendados pelo Guia do Estudante da Editora Abril, em sua edição 2017, com um total de 2 cursos com 5 estrelas, 15 cursos com quatro estrelas e 24 com 3 estrelas (numa classificação que vai de 1 a 5 estrelas), registrando um aumento de 141% em recomendações veiculadas pela publicação, que é considerada uma das principais referências para futuros ingressantes no Ensino Superior do país.

Nos últimos três anos, comparativamente, a UEMS teve um salto de 17 cursos estrelados (2014) para 41 (2017), comprovando a crescente qualidade do ensino ofertado, uma vez que a Universidade já ocupa o título de Instituição de Ensino Superior (IES) mais presente no Estado de Mato Grosso do Sul, com unidades universitárias em 15 cidades, além de polos e futuros polos de Educação a Distância (EaD) em outros dez municípios.

“Esse resultado é motivo de orgulho para nossa Universidade e espelha o resultado de muito trabalho e dedicação por parte do corpo docente, técnico e, também, dos nossos estudantes. Essa evolução comprova que nossa instituição está no rumo certo, do aumento e do fortalecimento do Ensino Superior para levar, cada vez mais, o desenvolvimento de nosso Estado por meio do poder transformador da Educação”, destaca o reitor da UEMS, Fábio Edir dos Santos Costa.

Para o vice-reitor, Laércio de Carvalho, a UEMS tem obtido bons resultados por meio de consolidação de parcerias e da efetividade em suas ações no plano do Ensino, Pesquisa e Extensão. “As parcerias em diversas esferas também estimulam a qualidade de nossos cursos de graduação. Esse fator impactou diretamente a melhora do desempenho de nossa instituição no Guia do Estudante. Além disso, igualmente se faz necessário agradecer a toda comunidade universitária que ajuda a construir uma UEMS mais forte, diariamente”, ressalta Laércio.

Foram classificados com a pontuação máxima de cinco estrelas (conceito: excelente) os cursos de Licenciaturas em Letras e Pedagogia da Unidade de Campo Grande.

Foram classificados com quatro estrelas (conceito: muito bom) os cursos de História (licenciatura), da Unidade de Amambai; Agronomia e Zootecnia (bacharelados) da Unidade de Aquidauana; Letras e Turismo (bacharelados) da Unidade de Campo Grande; Enfermagem, Engenharia Ambiental, Química e Turismo (bacharelados) e Pedagogia (licenciatura) da Unidade de Dourados; Pedagogia (licenciatura) da Unidade de Maracaju; Computação e Matemática (licenciaturas) da Unidade de Nova Andradina; Pedagogia (licenciatura) da Unidade de Paranaíba; e Administração (bacharelado, da Unidade de Ponta Porã.

Com três estrelas (conceito: bom) ficaram os cursos de: Engenharia Florestal (bacharelado) da Unidade de Aquidauana; Geografia e Artes Cênicas (licenciaturas), e Linguística (bacharelado) da Unidade de Campo Grande; Agronomia (bacharelado) e Letras (licenciatura), da Unidade de Cassilândia; Ciências Biológicas (licenciatura) da Unidade de Coxim; Ciências Biológicas, Física, Matemática, Química (licenciaturas), Ciência da Computação, Direito, Engenharia Física, Sistemas de Informação (bacharelados) da Unidade de Dourados; Geografia e Letras (licenciaturas) da Unidade de Jardim; Administração (bacharelado) da Unidade de Maracaju; Ciências Biológicas (licenciatura) da UEMS de Mundo Novo; Direito (bacharelado) e Química (licenciatura) da Unidade de Naviraí; Direito (bacharelado) da Unidade de Paranaíba; Ciências Contábeis e Ciências Econômicas (bacharelados) da Unidade de Ponta Porã.

Com 23 anos de história, a UEMS está entre as principais instituições de Ensino Superior na região Centro-Oeste. Com mais de 20 mil profissionais formados ao longo de sua trajetória, a Instituição já consolidou sua participação no desenvolvimento social, econômico, cultural e científico de Mato Grosso do Sul.

Concebida com a proposta de levar a educação superior ao interior do Estado, cumpriu com excelência essa missão. A Universidade conta, atualmente, com 66 cursos de graduação, 22 cursos de especialização, 14 mestrados e dois doutorados.

Sobre o Guia do Estudante

A avaliação de cursos superiores realizada pelo Guia do Estudante (GE) integrarão, juntamente com os demais cursos ofertados pela instituição, a publicação GE Profissões Vestibular 2018, que passa a circular nas bancas a partir do dia 16 de outubro de 2017.

O Guia apresenta sua metodologia por etapas, tais como: avaliação de dados cadastrais da instituição e instalações: titulação dos professores mestres e doutores, instalações físicas, desenvolvimento de pesquisas acadêmicas; pareceres de especialistas nas áreas avaliadas; consultoria de empresas independentes de auditoria e de avaliação de técnicas de pesquisa.

A primeira versão do Guia do Estudante foi publicada em 1984, como uma edição especial do Almanaque Abril. O objetivo principal, que se manteve ao longo dos anos, era o de orientar os estudantes interessados em ingressar no ensino superior, sobre o que e onde estudar, apresentando informações atualizadas sobre o mercado de trabalho e as novas profissões.