UEMS/Naviraí: Alunos de Tecnologia de Alimentos e Engenharia de Alimentos têm formação por meio de Visitas Técnicas

Por: Rubens Urue | Postado em: 07/12/2017

Visita à Adecoagro, na região do Vale do Ivinhema (MS)

Alunos dos cursos de Tecnologia de Alimentos e Engenharia de Alimentos da Unidade da UEMS de Naviraí têm desfrutado de sólida formação acadêmica proporcionada por atividades diversas, dentre as quais roteiros de viagens técnicas que servem para o enriquecimento e diversificação da aprendizagem, enquanto profissionais.

Durante o ano de 2017, as coordenações destes dois cursos organizaram visitas técnicas a indústrias e setores alimentícios tanto dentro do MS quanto em outros, como o Estado do Paraná. São visitas realizadas em empresas e outras instituições, com o acompanhamento e orientação de um ou mais professores, com o objetivo de proporcionar aos estudantes uma visão técnica da futura profissão. Dessa forma, a UEMS de Naviraí, por meio destes cursos, se destaca na formação proporcionada aos seus alunos, contribuindo, efetivamente, com desenvolvimento da indústria alimentícia do Estado de Mato Grosso do Sul.

Visitas a Indústrias no Paraná

Os acadêmicos dos cursos de Engenharia de Alimentos e Tecnologia em Alimentos da UEMS-Naviraí realizaram visitas técnicas nas empresas Café Iguaçu e Pennacchi Industrial, localizadas nos municípios de Cornélio Procópio e Arapongas, no estado do Paraná. A Café Iguaçu está entre as três maiores empresas exportadoras de café do Brasil, sendo vice-líder no segmento de café solúvel, com um portfólio variado de produtos, incluindo café gourmet e cappuccinos. Na visita técnica, os acadêmicos tiveram a oportunidade de conhecer todas as etapas produtivas do café solúvel, desde a recepção da matéria-prima até o envase final.

No quesito sustentabilidade, a Café Iguaçu destaca-se por ter conquistado a ISO 14001, apresentando um sistema de gestão ambiental de excelência. Já a Pennacchi Industrial, que faz parte do Grupo Pennacchi, atua desde 1970 no ramo de alimentos, produzindo balas e caramelos de gramaturas e sabores diversos, alguns até exóticos, os quais atendem ao mercado brasileiro e diversos outros países. Durante a visita, os acadêmicos puderam conhecer as etapas de produção de balas duras, desde a purificação do açúcar, mistura dos ingredientes, cozimento da massa, moldagem, embalagem e expedição.

Também foi visitada a Industria de farinha de Trigo Sol, que integra a Cooperativa Agropecuária e Industrial de Cascavel (Coopavel). A cooperativa foi fundada em 15 de dezembro de 1970 por 41 agricultores e experimentou uma expansão os negócios nas décadas seguintes, multiplicando seu número de cooperados e de colaboradores. A Coopavel conta com unidades de pesquisa, ensino, laboratórios, incubadoras além de um parque de produção composto por 11 indústrias, que recebem os produtos in natura e os processam para posterior comercialização.

"Assim, os acadêmicos dos cursos da área de alimentos tiveram a oportunidade de vivenciar a rotina de trabalho dentro da indústria de alimentos, no segmento de café e balas, adquirindo novos conhecimentos sobre os processos produtivos e abrindo os horizontes para os mais diversos ramos de atuação do engenheiro e tecnólogo em alimentos dentro da indústria alimentícia", destaca o coordenador do urso em Tecnologia de Alimentos, André Molina.

Indústrias do MS

Durante o mês de abril, acadêmicos do curso de Engenharia de Alimentos visitaram a Fecularia da Cooperativa Sul Matogrossense (Copasul). Os acadêmicos tiveram a oportunidade de conhecer todo o processo produtivo da mandioca, bem como as instalações, embalagens e o armazenamento dos produtos.

O objetivo foi reforçar na prática os ensinamentos vistos em sala de aula, pois visitas técnicas como essa são de grande importância na formação profissional dos acadêmicos, ao permitir a eles a “saída dos portões da universidade” para entrar em contato com o setor produtivo e com os profissionais da área.

Ao longo deste ano acadêmico também foram visitadas a Adecoagro, na região do Vale do Ivinhema, reconhecida atualmente como uma das principais empresas produtoras de alimentos e energia renovável da América do Sul, com presença na Argentina, no Brasil e no Uruguai, as atividades a que nos dedicamos incluem a produção de grãos, arroz, oleaginosas, lácteos, açúcar, etanol, café e algodão.

A fabricação de biocombustíveis, energia renovável e açúcar, produzidos a partir da cana de açúcar, também são importantes produtos da Adecoagro no Brasil. A partir de matéria prima produzida em áreas próprias, arrendadas e de fornecedores, é produzido etanol, açúcar e energia elétrica através da cogeração a partir do bagaço.

"Reiteramos que, ao ingressar nos cursos de Tecnologia em Alimentos ou Engenharia de Alimentos da Unidade da UEMS de Naviraí, os acadêmicos terão aprendizado teórico e prático, uma vez que a atividade de visita técnica visa o encontro do acadêmico com o universo profissional, proporcionando aos participantes uma formação mais ampla", finaliza o docente da UEMS, André Molina. Confira algumas fotos.

Visita técnica à Pennacchi Industrial, em Arapongas-PR

Visita técnica à Indúrtria Café Iguaçu, em Cornélio Procópio-PR

Visita técnica à Cooperativa Coopavel, em Cascavel-PR


Anexos: