CASA DA CULTURA

A Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul, desde sua implantação, procura incentivar a prática de atividades de natureza cultural pela comunidade universitária, estendendo-as à comunidade externa. Como resultado desse estímulo, podemos citar o êxito obtido com a formação de grupos vocais, de teatro, de música, além das demais manifestações artísticas expressas nas artes plásticas, poesia, dança, dentre outras. A Casa da Cultura UEMS, inaugurada em abril de 2003, foi idealizada para que esse potencial artístico possa usufruir de um espaço onde sejam realizadas e fomentadas as mais variadas atividades culturais.

Responsável: Elizabeth Ribeiro de Souza
Telefone: (67) 3902-2636

Histórico da Casa da Cultura

A UEMS desde sua implantação procura incentivar prática de atividades de natureza cultural pela comunidade universitária, estendendo-as à comunidade externa. Como resultado desse estímulo, podemos citar o êxito obtido com a formação de grupos como o Coral Instrumenta Vocália, Grupo Vocal Vida & Voz de Nova Andradina, Grupo de Ensaio e Pesquisa Teatral UEMS - GEPETU, além das demais manifestações artísticas expressas nas artes plásticas, música, poesia, dentre outras.
A Casa da Cultura UEMS, inaugurada oficialmente em abril de 2003, foi idealizada para que esse potencial artístico pudesse usufruir de um espaço onde fossem realizadas e fomentadas as mais variadas atividades culturais.
Os projetos desenvolvidos despertam no acadêmico não apenas o interesse pela prática cultural, mas também contribuem para uma formação mais abrangente do ponto de vista humanístico e social, o que se reverte em benefício para a comunidade externa, fato que é possível dimensionar quando os grupos se apresentam gratuitamente em eventos direcionados a instituições beneficentes.
Entre os projetos culturais de caráter permanente, em execução, estão: GEPETU - Grupo de Ensaio e Pesquisa Teatral UEMS; Cia Teatral Trupe Zomba; Orquestra de Câmara UEMS; Grupo de Canto; Programa Construção da Identidade Cultural por Meio da Música, composto pelos projetos (Coral Instrumenta Vocalia, Grupo de Arias, Solos e Duetos, Grupo de Chorinho, Grupo de Samba, Grupo Instrumental Bossa e Jazz e Grupo de Música Renascentista).

Projetos desenvolvidos

Programa Construção da Identidade Cultural por meio da Música
Orquestra de Câmara UEMS
GEPETU
Cia Teatral Trupe Zomba
Grupo de Canto

O Programa Construção da Identidade Cultural por meio da Música, é composto pelo Coral Instrumenta Vocalia, Grupo de Samba e Chorinho, Grupo de Bossa Nova e Jazz, Grupo Renascentista e Grupo de Arias, Solos e Duetos. Além do repertório coral e clássico já em desenvolvimento, os projetos propostos dentro desse programa têm por objetivo não se restringir à reprodução do já feito, propondo a criação e produção de novos modos de apresentação, bem como a pesquisa e representação de estilos diversificados.
Coral Instrumenta Vocalia
Formado em 1995, seus integrantes são acadêmicos das Universidades Federal e Estadual e membros da comunidade. Desenvolve um trabalho de pesquisa de sons e ritmos que vão do erudito ao popular. Possui um extenso currículo de participações em eventos promovidos pela UEMS e por outros setores ligados a instituições públicas e privadas.
 
A Orquestra de Câmara UEMS, é um projeto de extensão desenvolvido pela PROEC, foi criada em 2005 com o objetivo de divulgar a Música de Câmara escrita para essa formação, ]tendo a primazia de ser o único conjunto em nossa cidade a desenvolver este tipo de trabalho camerístico. A atual proposta da orquestra é desenvolver talentos regionais, de modo a torná-la essencialmente sul-mato-grossense. Conta atualmente com a participação de jovens talentos de Dourados e de cidades vizinhas, tendo sempre como meta a busca de um aperfeiçoamento permanente.

GEPETU - Grupo de Ensaio e Pesquisa Teatral da UEMS, projeto iniciado em 1998, realiza um trabalho de pesquisa, preparação  vocal, musical, corporal e teórica junto aos acadêmicos e participantes da comunidade, com o propósito de aprimorar o constante processo de criação cênica.
O grupo já se apresentou em alguns dos mais importantes festivais de cultura realizados no país, como o FILO, em Londrina e o Mercado Cultural, na Bahia, sempre divulgando a cultura regional.

Cia Teatral Trupe Zomba, iniciado em 2001, o projeto tem como objetivo promover a formação de alunos-atores, utilizando a estética dramatúrgica do realismo, sejam em peças épicas ou pós-modernas, onde diferentes linguagens teatrais como a comédia, o absurdo, a poesia, são abordadas.

Grupo de Canto, direcionado a acadêmicos, professores e técnico-administrativos da UEMS, além de alunos oriundos das escolas públicas de Dourados, o projeto foi implantado em 2003 e objetiva, por meio do  canto, possibilitar o acesso a um amplo repertório de músicas populares brasileiras, regionais e folclóricas. O participante obtém diversificada experiência musical por meio do trabalho com a voz e a audição, desenvolvendo a sensibilidade musical.

Projetos Números
Total de projetos de extensão em andamento 10
Total de alunos beneficiados 180
Total de mini-cursos, oficinas e workshops realizados  12
Total de participantes 360
Total de apresentações realizadas 50
Público estimado 5000
* dados de 2007

Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul
Cidade Universitária de Dourados - Caixa postal 351 - CEP: 79804-970 Telefone: (67) 3902-2360 / Fax: (67) 3902-2364.
A expressão viva da maioridade intelectual de nossa gente. ©1999-2010. UEMS-DINF-ACS. Todos os direitos reservados.