Orientações Lato Sensu

Pró-reitoria de Pesquisa e Pós-graduação

ORIENTAÇÕES PARA SUBMISSÃO DE PROPOSTAS DE CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU 

Ler atenciosamente o arquivo Orientações para submissão de propostas de cursos de Pós-Graduação Lato Sensu 

ou, se for o caso, Orientações para submissão de propostas de cursos de Pós-Graduação Lato Sensu com Convênio,  para cursos que serão ofertados em convênio com outra instituição .

Deverá ainda ser observado o Regimento Interno dos Cursos de Pós-Graduação Lato Sensu da UEMS .

 

Formulários para Proposta de Curso Lato Sensu

Formulário 01 lato sensu - Justificativa de Demanda e Parecer Gerência

Formulário 02 lato sensu - Projeto Pedagógico

Formulário 03 lato sensu - Regulamento da Proposta

 

POLÍTICA DE AÇÕES AFIRMATIVAS NA PÓS-GRADUAÇÃO 

A UEMS aprovou as normativas para implantação das cotas na pós-graduação. Deverá ser observado os seguintes documentos:

Deliberação CPPG 231/2018 - Políticas de Ações Afirmativas na Pós-Graduação

Resolução CEPE 2015 - Políticas de Ações Afirmativas na Pós-Graduação

Modelo de declaração - Cotista Negro

Portaria  PROPP/UEMS Nº 10/2019, de 11 de março de 2019 -Constitui bancas avaliadoras para análise dos traços fenotípicos dos candidatos aprovados pelo regime de cotas para negros (pretos e pardos).

 

PROCESSO SELETIVO

Ler atenciosamente os arquivos abaixo:

1.Portaria UEMS-PROPP n 1/2016, de 1 de setembro de 2016 -Dispõe sobre a subdelegação de competência para publicação de editais de processo seletivo

2.Instrução Normativa UEMS nº003, de 04 de agosto de 2016 - Define procedimentos para publicação de editais de processo seletivo 

3.Resolução SAD N. 60, de 11 de janeiro de 2016 - Estabelece normas e procedimentos para o envio de matérias para publicação no Diário Oficial Eletrônico de Mato Grosso do Sul.

4.Orientações para  Realização de Processos Seletivos no Portal da Pós-Graduação - Alunos Regulares

5.Orientações para  Realização de Processos Seletivos no Portal da Pós-Graduação - Alunos Especiais

Modelos de Editais 

Edital - Abertura de Processo Seletivo dos Cursos Lato Sensu   

Edital - Homologação das Inscrições  

Edital - Resultado Final de Processo Seletivo dos Cursos Lato Sensu  

 

CADASTRO DO CURSO NO SISTEMA DE GESTÃO DE PÓS-GRADUAÇÃO (SIGPÓS)

Todos os cursos de pós-graduação são cadastrados e geridos pela Coordenação no Sistema de Gestão da Pós-Graduação (SIGPÓS), disponível no link: https://sigpos.uems.br/uems-sigpos/

As orientações para cadastro estão disponíveis no Manual do Sistema, no Menu Ajuda do SIGPÓS.

O cadastro inicial do curso e do Coordenador será feito pela Diretoria de Registro Acadêmico, no Setor de Pós-Graduação 3902-2553 ou e-mail: posdra@uems.br.

 

 AVALIAÇÃO  DOS CURSOS

Os cursos de Pós-Graduação lato sensu requerem uma dinâmica avaliativa de caráter processual e contínuo, considerando todas as participações e produções vivenciadas durante o período letivo, sejam elas individuais ou coletivas, razão pela qual estão sujeitos a uma avaliação contínua por parte da UEMS.

O processo de avaliação é realizado por meio de formulários próprios, disponibilizados pela PROPP, através do Google Docs, a serem preenchidos pelos discentes, docentes, coordenadores de curso  e pela PROPP, DRA e Diretoria de Educação a Distância.

A PROPP disponibilizará link para o Coordenador do Curso, que deverá providenciar para que sejam preenchidos os formulários de avaliação do curso (formulários dos alunos, dos professores e do coordenador do curso) e encaminhar à DPG ao término das disciplinas.

As orientações para a utilização do Google Docs encontra-se no Manual para o Coordenador

  

ORIENTAÇÕES PARA PROPOSTA DE ADEQUAÇÃO OU REFORMULAÇÃO DO PROJETO PEDAGÓGICO E ALTERAÇÃO OU REFORMULAÇÃO DO REGULAMENTO 

Realizar uma leitura minuciosa da Resolução CEPE-UEMS nº 1.783, de 24 de outubro de 2016. Disponível no link  http://www.uems.br/assets/uploads/ailen/arquivos/2017-01-30_14-18-46.pdf );

 

1. Projeto Pedagógico

a) Adequação é a retificação pontual em disciplinas, ementas, cargas horárias ou em outros elementos constitutivos do Projeto Pedagógico, que não caracterize reformulação, desde que devidamente justificada pelo Colegiado do Curso e/ou Programa,com anuência da Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação (PROPP).

Para solicitação de adequação deverá ser encaminhada à DPG,  cópia da Ata de Colegiado do Curso, constando as adequações solicitadas e justificando-as , juntamente com o Formulário de Adequação de Projeto Pedagógico, devidamente preenchido, e o Projeto Pedagógico já com o texto constando as adequações solicitadas .

b) Reformulação é a modificação mais ampla do projeto pedagógico, podendo ser alterado diversos itens, por exemplo, modificação da matriz curricular, da metodologia, dos objetivos, etc., e entrará em vigor para as novas turmas do curso.

No caso de Reformulação, a coordenação do Curso deverá ser encaminhada CI à DPG,  para constituição da Comissão de elaboração da proposta de reformulação. Nesta CI deverá constar os nomes, titulação e indicação do presidente da comissão.

Após a publicação em D.O. a comissão terá o prazo de 180 dias para finalizar os estudos e encaminhar  à SAPG o arquivo com o Projeto Pedagógico com o texto reformulado, constando todas as modificações solicitadas. 

A reformulação deve passar por análise e discussões na Câmara de Pesquisa e Pós-Graduação – CPPG, e entrará em vigor somente após homologada pelo Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão – CEPE, e tem validade somente para novas turmas, que ingressarem após sua aprovação. 

 

2. Regulamento

a) Alteração  é o ajuste pontual do Regulamento. 

Para solicitação de Alteração, a coordenação do Curso deverá ser encaminhada CI à DPG,  para constituição da Comissão de elaboração da proposta de reformulação. Nesta CI deverá constar os nomes, titulação e indicação do presidente da comissão.

Após a publicação em D.O. a comissão terá o prazo de 180 dias para finalizar os estudos e encaminhar  à SAPG o Formulário de Alteração de Regulamento, devidamente preenchido.

A alteração deve passar por análise e discussões na Câmara de Pesquisa e Pós-Graduação – CPPG, e entrará em vigor somente após homologada pelo Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão – CEPE, e tem validade já para as turmas em andamento. 

b) Reformulação é a modificação mais ampla do regulamento, podendo ser alterado diversos itens, e entrará em vigor para as novas turmas do curso.

No caso de Reformulação, a coordenação do Curso deverá ser encaminhada CI à DPG,  para constituição da Comissão de elaboração da proposta de reformulação. Nesta CI deverá constar os nomes, titulação e indicação do presidente da comissão.

Após a publicação em D.O. a comissão terá o prazo de 180 dias para finalizar os estudos e encaminhar  à SAPG o arquivo com o regulamento com o texto reformulado, constando todas as modificações solicitadas. 

A reformulação deve passar por análise e discussões na Câmara de Pesquisa e Pós-Graduação – CPPG, e entrará em vigor somente após homologada pelo Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão – CEPE, e tem validade somente para novas turmas, que ingressarem após sua aprovação. 

 

Em caso de dúvidas entrar em contato com o Setor de Apoio à Pós-Graduação, pelo email latosensu@uems.br 

 

 



Anexos: