Universidade Aberta da Melhor Idade da UEMS completa 10 anos com ações do Junho Prata

Universidade Aberta da Melhor Idade da UEMS completa 10 anos com ações do Junho Prata

Projeto tem o objetivo de integrar pessoas idosas no âmbito da universidade

DOURADOS
Por:Eduarda Rosa 14/06/2024 09:34

A Universidade Aberta da Melhor Idade (UNAMI), da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS), da Unidade Universitária de Dourados, completa em 2024 dez anos de atuação com o objetivo de integrar as pessoas idosas no âmbito da universidade, independentemente de sua escolaridade e situação social e econômica.  E neste mês de junho realiza ações em prol do junho Prata, que é lembrado no dia 15 de junho, como o Dia Mundial de Conscientização da Violência contra a Pessoa Idosa.

O estado de Mato Grosso do Sul denomina o mês de junho como Prata, em alusão aos cabelos grisalhos das pessoas idosas e desenvolve uma série de ações em prol do respeito aos idosos. A data 15 de junho é conhecida como o Dia Mundial de Conscientização da Violência contra a Pessoa Idosa, e portanto, a Universidade Aberta da Melhor Idade da UEMS desenvolve ações com foco no combate à violência e na promoção da autonomia e cidadania dos idosos. A UNAMI realiza palestras sobre o tema, incluindo passeio e participação de atividades em outras instâncias (Centro de Referência de Assistência Social e Centro de Convivência do Idoso).

Atividades da Unami ao longo dos anos - Imagens de arquivo

 

A Unami é um projeto que existe desde 2014 com o objetivo de integrar as pessoas idosas no âmbito da universidade, independentemente de sua escolaridade e situação social e econômica. A equipe de docentes envolvida no projeto “UNAMI” assumiu como premissa o desafio das políticas públicas voltadas para esta faixa etária de incluírem os idosos em atividades sociais, culturais, educativas e com a participação intergeracional.

Em 2017, o projeto passou a se caracterizar como programa de extensão com projetos e cursos vinculados tais como: curso de informática para a melhor idade; curso básico de espanhol; oficina de mosaico; curso de primeiros socorros e prevenção de incêndio; teatro e coral. Mantém palestras semanais com diversidade de temas desde 2014.

A UNAMI está presente nas redes sociais como Instagram e Facebook (https://www.facebook.com/unami.uems.3).

As atividades da UNAMI convergem com o conceito de Tecnologia Social, uma vez que o processo de aprendizagem e a participação dos idosos caminham vinculados, pois o aprendizado envolve participação, interação e envolvimento social. 

Atividades da Unami ao longo dos anos - Imagens de arquivo

 

Várias pesquisas e publicações foram realizadas ao longo destes dez anos do programa e destacam a transformação social de alguns idosos, bem como dos alunos bolsistas. Também retratam a diversidade de técnicas e metodologias que são empregadas e que promovem a inclusão social, novas aprendizagens e melhoria das condições de saúde.

Em 2024, como ano comemorativo de dez anos das atividades o foco das ações educativas é para desenvolver o potencial cognitivo, de saúde e cultural dos idosos, em uma perspectiva multidimensional, interdisciplinar e promotora da cidadania.

As intervenções educativas são de caráter participativo, democrático e de valorização das experiências de vida dos idosos. As alunas de graduação em Enfermagem que são bolsistas de extensão ou de iniciação científica implementam material educativo que estimulam as funções cognitivas e motoras das pessoas idosas que participam do programa. As atividades de lazer e passeio contam com o apoio de docente do curso de Turismo da Unidade Universitária de Dourados.

Uma vez por mês acontece o dia do desafio que consiste em atividades lúdicas com cunho educativo voltado para estimular a linguagem, concentração, memória, função motora fina e equilíbrio.

A UNAMI reafirma o seu compromisso com as medidas de proteção às pessoas idosas.


Atividades da Unami ao longo dos anos - Imagens de arquivo